domingo, 1 de março de 2009

ANGOLA -- 1) OS REINOS, POVOS, AS SUAS ORIGENS E AS SUAS VIDAS

II ) ANGOLA 1) OS REINOS, POVOS, AS SUAS ORIGENS E AS SUAS VIDAS 2) - O ENSINO EM ANGOLA -


1) OS REINOS, POVOS, RAÇAS, SUAS ORIGENS E AS SUAS VIDAS..."

ÁFRICA (ANGOLA...) AMÉRICAS (BRASIL...) TRANSCRIÇÕES PARCIAIS DE :

I ) OBRAS JÁ PUBLICADASl PELO AUTOR E DE OUTRAS ENGLOBADAS NOS SEUS DIVERSOS "SÍTIOS" :



A" -- "ANGOLA - DATAS E FACTOS" - (1º Volume - 1482/1652)-

-- 1482/3 - ABRIL(?) - 3(5 ?) - Chegada de DIOGO CÃO à foz do rio NZARE (ou N'ZARI , ZALI , NZAIDI , NZADI , ENGAZE) -- "O RIO PODEROSO", ou ainda "ÁGUA GRANDE" e "CONGO". NZARE significa "rio que engole todos os outros". Foi nomeado pelos portugueses por ZAIRE.
-- ABRIL - 23 - Colocação do padrão de S.JORGE na foz do rio NZARE e na sua margem esquerda, então chamado CABO DO PADRÃO (ou PONTA DO PADRÃO).
-- Viagem dos seus emissários à corte do rei do CONGO, NZINGA-NKUYU, ou NZINGA-A-CUUM, o MUENE CONGO (MANICONGO) - "SENHOR DO CONGO" -, instalado na povoação de EKONGO.



(Foto - Pg. 78 /1º Vol /2ª ed. - O rei do CONGO e a sua corte --("Uma feitoria no início de céc. XVIII : a pesagem de ouro - W.Bosman, Voyage en Guinée, 1705)- B.N.)-

.................................................

-- "...O REINO DO CONGO teria sido formado nos fins do século XIV ou princípios do século XV, por separação do antigo REINO DE IUBA(do KATANGA), sendo a sua capital, designada por eles,MBANZA CONGO." Estendia-se então muito além, para norte do rio ZAIRE. Este, assim como o RIO RIAMBELE (LIAMBEJE ou ZAMBEZE). "O PAI DE TODOS", nasce nos GRANDES LAGOS, no "Coração de África", ao sul dos lagos MOERO e BANGUELO; tem ai a designação de LUAPULA e recebe as águas daqueles lagos. Mais ao norte passa a designar-se LUALABA e, a partir de KINSAGANY, começa então a ser conhecido por NZARE (ZAIRE). Na sua margem esquerda recebe depois as águas do seu grande afluente KASSAI, de outros rios mais pequenos e de alguns lagos, até atingir as cataratas de MATADI, passando por NÓQUI antes de atingir a "PONTA DO PADRÃO", na sua foz".
................. (consultar pg. 10) ...............
-- "AGOSTO - 28(?) - Alcançaram o CABO LOBO (CABO DE SANTA MARIA),depois de terem ultrapassado a PONTA CHOCA(CASTELO DE ALTER PEDROSO), onde foi colocado o Padrão de SANTO AGOSTINHO. Era o fim dessa viagem, tendo atingido a posição de 13º e 27',15º (?) sul.
-- 1483 - AGOSTO/SETEMBRO - (?) - Regresso de DIOGO CÃO a caminho da foz do rio ZAIRE, onde tinha deixado os seus emissários.
-- (?) - Não os encontrando ali e, pensando então que tivessem ficado prisioneiros, deteve quatro visitantes do SOYO (SONHO) no seu barco, acabando por levá-los para LISBOA.
-- ? - Foram todos bem recebidos pelo próprio rei D.JOÃO II.
.............................................
-- 1484/85 (?) - DIOGO CÃO regressa com os quatro congueses. Permanece cerca de três meses no ZAIRE.
-- 1485 - JANEIRO - Avança para o sul, além da foz do rio ZAIRE.
-- JANEIRO - 16(18 ?) - Colocação do Padrão do CABO NEGRO a 15º 40' 3'' sul, depois de ter chegado à ANGRA DAS ALDEIAS e alcançado ainda a MANGA DAS AREIAS.
-- JANEIRO -(?)- Prossegue ainda para sul; passou pelo GOLFO DA BALEIA, indo fundear próximo do CABO DA SERRA (PARDA). Aí coloca um outro padrão; estava a 22º (?).
-- (?) - DIOGO CÃO continua a sua viagem e chega à BAÍA DAS SARDINHAS e à PONTA DOS FARILHÕES, a 21º 50'.
Regressa ao rio ZAIRE e sobe pelo seu curso até encontrar as QUEDAS DE YELALA (da SERRA COMPRIDA). Ali, nuns rochedos, mandou gravar o seu nome e dos seus navegadores : DIOGO CÃO - PÊRO ANES - PÊRO DA COSTA - e ainda depois de : ÁLVARO PERES - PEDRO ESCOBAR - GONÇALO ÁLVARES - DIOGO PINHEIRO - ANTÃO.
Seguem novos emissários para contactarem com o REINO DO CONGO, então designado por "Mundeles" (Mu-n'dele) - "branco".
-- 1486 - (?) - Regresso de DIOGO CÃO para LISBOA cuma embaixada do rei do CONGO, chefiada por CAÇUTÁ, carregado de marfim e panos de palma.
O REINO DO CONGO, assim designado pelos portugueses por derivação do nome do seu chefe, MUENE-CONGO (MANICONGO), era então um território imenso :

A)-- ao norte do rio ZAIRE -(também já chamado de "CONGO"), englobava alguns antigos e pequenos Reinos, tais como os de : LOANGO - CACONGO - N'GOYO(ANGOY), limitados ao norte pelo rio MAYUMBA(MAIOMBA).
-- O REINO DO LOANGO tinha a sua capital em BUÁLI e estendia-se entre os rios MAYUMBA e CHILOANGO, ou seja, entre a aldeia de MACANDA, a 4º.5' de latitude sul, até ao rio LUISA-LUANGO, a 5º,5' de latitude sul;
-- O REINO DE CACONGO (MALEMBA)situava-se ao sul daquele até ao rio BEBE(BELE);
-- O REINO DE N'GOYO,designado CABINDA, situava-se ao sul,limitado pelo rio ZAIRE;
-- O REINO DE IOMBA(MAIOMBA ou MAIOMBE) ficava a nordeste, assim como o REINO DE TECA.
-- Ao REINO DE CACONGO pertencia ainda a baía de MOLEMBO(FUTILA).
-- O REINO DE N'GOYO ficava situado entre o 5º e o 6º de latitude sul e o 12º e 13.30' de longitude leste.

B) -- Ao sul do rio ZAIRE englobava outros reinos menores,seus tributários : NDOANGO(ou NDONGO) - "Ndongo" significa uma canoa, comprida, feita de tronco de árvore).

Abrangia ainda as províncias de : MBEMBA, MBAMBA, MBATA, MPANGU, MSUNDI, SONYO (SONHO), que acabaram por se unificar sob a chefia de NIMIA LUQUENI(ou LUKÉNI MUTINU, NIMIA-A-LUKEME, também ainda conhecido por MOTINO BENE ou NTOTELA NTINU), formando um só REINO, NEKONGO, depois designado "CONGO", com a sua capital em M'BANZA CONGO(M'BAJI ou EMBASSE). Estendia-se então para o sul,alcançando o CABO NEGRO"...(Pgs. 10 a 12) --

+++++ (Foto - Pgs. 135 /1º Vol.- 2ª ed.- Mapa - Os Reinos de ANGOLA e de BENGUELA (no século XVII) -
...................................................

-- O Chefe LUKENI viera do oeste, sendo talvez filho de KWANGU (MINI-NZIMA), chefe da aldeia de KURIMBA, da província de NSUNDI, aliado do chefe NSAKU, curandeiro, que o havia tratado com um rabo de búfalo.

-- Todos os Reinos ao norte do rio ZAIRE foram considerados como formando um único reino: o do LOANGO. NIMIA(NIMI) LUKÉNI terá mandado matar uma sua tia para não lhe pagar tributo e intitulando-se de seguida, na ausência do pai, "NTINU" (rei). Atacou os seus vizinhos, alargando o Reino e instalando a capital em MBAZI-A-NKUNU. Os seus filhos fundaram o REINO DE CACONGO e o do LOANGO. O terceiro filho,cuja mãe terá sido uma escrava branca, era depois o MUENE DE SOYO (SONYO).
-- "O rei de CACONGO tinha de ser casado com uma princesa do REINO DO CONGO e o do REINO DO LOANGO com uma princesa de CACONGO. Ao "rei" LUKÉNI sucederm : NANGA KIA NTINU, depois ainda NKUVU-A-NTINU, até à chegada dos portugueses.

-- No REINO DO CONGO haviam-se instalado os povos BANTOS (BANTUS)- "BA-NTU", em que "NTU" significa "ser humano", "homem", "pessoa" ou MUTU(MUNTU),tem o plural "BANTU". Pertencem à raça negra e teriam vindo do norte, da ETIÓPIA, EGIPTO ou mesmo da ÁSIA, infiltrados pelo SUEZ ou pelo MAR VERMELHO para a ABISSÍNIA,cerca de 2.500 a 2.000 a.C., ou ainda da região dos GRANDES LAGOS, berço da Humanidade, tendo seguido pelos afluentes do KASSAI ou pelo rio LUAPULA e depois pelo LUALABA, cursos superiores do rio ZAIRE. Entretanto, outros seguiram para o sul, desviando-se do deserto do KALAÁRI.
-- Assim,o BANTUS do "RAMO OCIDENTAL" ou "FAIXA OCIDENTAL",em correntes migratórias, foram invadindo os territórios a norte e sul do ZAIRE. Destruídores, talvez vândalos, expulsaram os autóctones e ocuparam as suas terras, mas sem as cultivarem!

-- Na parte superior dessa zona, os BANTU-KONGOS, fundaram o REINO DO CONGO. Deles faziam parte : - MUXICONGOS, MUSSURONGOS, MUZOMBOS, DEMBOS E MUCUSSOS. O prefixo "MU", antes do nome duma região é utilizado para designar os respectivos habitantes. Os MUXICONGOS pertencem ao grupo linguístico designado "QUICONGO", assim como os : BACONGOS, BAIACAS, BASSONGOS , BASSORONGOS, BASSUCOS, BAZONGOS e POMBOS.

-- Eram povos originários da margem esquerda do rio ZAIRE(ou CONGO), e que a partir do século XIV haviam empurrado,submetido ou até eliminado os anteriores residentes. Porém,os primitivos povos do CONGO e doutras regiões africanas, não foram esses Bantos, mas sim os VÁTUA(o plural de Vátua é "Mutua"), mas antes deles, ainda os HOTENTOTES (KHOIS), pertencendo ambos ao mesmo grupo dos KHOISANS (KHOIS-SANS). Esses povos foram expulsos pelos BANTUS para regiões do interior ou zonas desérticas.

Na parte nordeste,os Bantos do grupo BANTU-BONDO (BUMDAS), teriam fundado o REINO DE NDOANGO (NDONGO). Os do leste, (os BANTU-LUNDA), QUIOCOS (KYOCOS), do KATANGA, atravessaram o rio KASSAI e instalaram-se na LUNDA ("Terra abandonada"), sendo seu primeiro rei, MWAKU.(- 1486 - pgs.12/14) --



-- 1486/7 (?) - ABRIL/MAIO(?) - O rei D. JOÃO II recebeu a embaixada do rei do CONGO quando se encontrava em BEJA, refugiado da peste que invadira LISBOA.
-- O CAÇUTÁ foi baptizado com o nome de JOÃO DA SILVA, sendo seus padrinhos os reis de PORTUGAL.
-- (?) - DIOGO CÃO desaparece de cena de maneira pouco clara, sendo mesmo desconhecido o seu verdadeiro fim !
-- 1487 - AGOSTO - Partida de BARTOLOMEU DIAS, prosseguindo as viagens ao longo da costa africana. na tentativa de descobrir finalmente uma passagem para as ÍNDIAS, sonho "falhado" ou antes, não atingido por DIOGO CÃO, como talvez tivesse acreditado (ou feito acreditar)mas pelo que "teria sido" recompensado financeiramente !
-- (?) - Passagem de BARTOLOMEU DIAS por ANGRA DAS ALDEIAS, ao sul do CUANZA e do CABO DE SANTO AGOSTINHO.
-- DEZEMBRO - 25 - Chegada de BARTOLOMEU DIAS a ANGRA PEQUENA, a 26º sul.

-- 1488 - FEVEREIRO - BARTOLOMEU alcança o "CABO DAS TORMENTAS", ponto extremo da costa africana, ficando assim aberto o "Caminho Marítimo" para as desejadas "ÍNDIAS", a 34º 21' latitude S.
-- DEZEMBRO - BARTOLOMEU DIAS chega a LISBOA, no regresso da sua viagem ás ÍNDIAS.

-- 1490 - DEZEMBRO - 19(17 ?) - Saída de LISBOA dos congueses com uma missão católica (dominicanos)...
-- 1490 - (?) - Por alturas de CABO VERDE faleceu GONÇALO DE SOUSA,em consequência ainda da peste de LISBOA (ou por escorbuto ?), sendo substituído por seu sobrinho (?) RUI DE SOUSA.
-- Faleceu ainda o emissário do rei do CONGO, CAÇUTÁ, já baptizado com o nome de JOÃO DA SILVA.

--- (A consultar na INTERNET : www.dightonrock.com/diogocaoi1.htm
..........................................................
-- 1509 - O REINO DO LOANGO reforça a sua independência(tributária)englobando diversos outros reinos, ao norte do rio ZAIRE."... -Pg. 20 -
.........................................................................
== 1518 - O REINO DE NDONGO foi dividido então em dois Reinos : - NDONGO(ANGOLA) e NDONGO(MATAMBA).
O termo "ANGOLA" derivou também do nome do seu chefe NGOLA. Ficava rodeado de cinco poderosos reis, "muito grandes" : - CONGO, NDONGO, MATAMBA, MALEMBA(CACONGO), MASSINGA (MJINGA) e MOSSONGONGA(BA-SONGO/MA-SONGO), tributários do REINO DO CONGO.
O REINO NDONGO(ANGOLA) terá tido como seu primeiro rei NGOLA MUSSÚRI, ferreiro de NDONGO. Este fora então assassinado pelo Vice-rei que pouco depois seria substituído pela filha de MUSSÚRI,princesa ZUNDA RIANGOLA. Esta, na sua velhice, terá mandado matar um seu sobrinho, filho de TUMBAR RIANGOLA, que lhe sucedeu, mas acabara por passar o trono a seu filho, NGOLA CHIVALQUI. A este sucedera NDAMBI NGOLA,que, com receio dos irmãos, os mandou eliminar. Antes,porém, terá havido um curto reinado de NZINGA-NGOLA-CHILAMBO-QUIERAFANDA.

Surge então NGOLA INENE que,por intermédio do rei do CONGO,pede a presença de sacerdotes portugueses, pondo à sua disposição as minas de prata.

== 1526 - NGOLA INENE,rei do NDONGO,liberta-se da sujeição tributária ao REINO DO CONGO.

== 1539 - MARÇO - 25 - Carta do rei D.AFONSO I para D.JOÃO III, manifestando o desejo de enviar uma embaixada a ROMA, para prestar obediência ao papa PAULO III, com os mesmos embaixadores escolhidos em 1532, com os quais seguiriam ainda mais alguns dos seus sobrinhos e um neto (D.MANUEL). Os sobrinhos eram : D.PEDRO DE CASTRO, D.MATEUS, D.HENRIQUE, D,GONÇALO e D.FRANCISCO DE MENEZES. Uns iam para estudar e outros para serem ordenados.
Com o apoio dado pelo rei de PORTUGAL, do embaixador PACHECO e de outros portugueses, o rei do CONGO, apesar da sua avançada idade,ia conseguindo manter o seu REINO, pelo que se intitulava :"...rei do Congo, e Ibungo,Cacongo e Agoyo de auém e de além-ZAIRE, senhor dos Ambundos de Angola e da Quissama e Musuauru e da Matamba e de Muyllu e de Musuci e dos Anzinos e da conquista de Panzoalambu..." !
.............................
== 1558 - Regista-se uma invasão dos povos jagas no CONGO mas não chegando porém so REINO DO N'GOYO (NGOIO).

== 1560 - MAIO (?) - Os Bângalas(Imbangalas)descem do REINO DA LUNDA, atacados pelos Iubas, para KASSANGE, entre os rios CUANZA e o LUI.Eram originários da SERRA LEOA.


== 1563 - Chegada do chefe KINGURI (CHINGÚRI), dos Bângalas(LUNDA) aos rios CUANDO e LUI, fugindo a uma invasão dos Lubas.

== 1568 - D.HENRIQUE (NERIKA-A-MPUDI) também foi derrotado e morto na luta contra os Anzicos. Era o último descendente legítimo da 1ª dinastia congolesa.

== 1569 - Os jagas avançam pelo REINO DO CONGO,destruíndo S.SALVADOR. O rei, D.ÁLVARO I, refugia-se na ILHA DOS HIPOPÒTAMOS (ou "DOS CAVALOS",- referentes a cavalos marinhos), no Rio ZAIRE, assim como os portugueses ali residentes.

== 1570 - ...Os jagas, na sua fuga,do CONGO, invadem a MATAMBA. Depois seguem para o sul e dividem o REINO DE MATAMAM.
-- MBULA MATADI revolta-se contra D.ÁLVARO I, mas foi eliminado.
.............................
== 1575 - No REINO DE ANGOLA, NGOLA KILUANJI sucedera ao rei NGOLA NDAMBI.
-- KILUANJI, também designado MBANDI-A-NGOLA-QUILOANJI ou, ainda, NGOLA-MBANDI-A-NGOLA-KILOANJI, assim que teve conhecimento da chegada de PAULO DIAS, mandou alertá-lo que se encontrava nos seus domínios!
..........................
== 1585 - NGOLA KILUANJI retira-se de CABASSA,a capital.
-- 1585 - JUNHO - PAULO DIAS DE NOVAIS demora alguns dias a reagir contra alguns sobas de CAMBAMBE e nem evita a apreensão de ..."500 peças (escravos)e 500 capados".
-- ILUNGA MBILI, derrotando um seu sobrinho, fundara o REINO IUBA,onde fora rainha a célebre LUEGI.
..........................
== 1591 - Na ILHA DE LUANDA (ILHA DAS CABRAS), pertença do rei do CONGO, residiam alguns dos seus fidalgos(governadores): - D.PEDRO MANILUANDA, D.ANTÓNIO MANIBAMBA e D.JOÃO MANIPOSO (com o seu escravo africano,FERNÃO DUARTE, refugiado do PORTO).
-- Mais ao sul se M'BANZA CONGO,na KISSAMA, existiam duversos sobados e Estados Independentes,tais como : -MUXIMA - KITANGOMBE - KIZVA - NGOLA KIKAITO e KAFUXE, que não pagavam tributo, fazendo frente ao CONGO, a NDONGO (ANGOLA) e aos portugueses.
..................................
== 1595 - CHINGURI entrara em ANGOLA ido da MUSSUMBA (CATANGA) e iniciara a formação dos Impérios dos Lundas (RUNDA ou NGANDA).
Este REINO terá sido fundado nas margens do rio CASJIDÍCHI pelo chefe IALA MÁKU ("Mãe das Pedras" - Povos Bungos), enquanto no LUACHIMO já se encontravam os Bena-Mai. Era filho de CUNDE e KÔNDI (e neto de IALA), bem como seus irmãos : TCHINHAMA e LUÉGI. Esta fora indigitada única herdeira porque esses irmãos eram tidos como desordeiros, alcoólicos, tendo até agredido seu pai(CUNDE, que sucedera a IALA).

== Mais tarde (?) surgiu TCHIBINDA ILUNGA, famoso caçador, filho de MUTOMBO MUCULO e neto do potentado MBILI MUCULO.
ILUNGA apaixonou-se por LUÉGI e assim se instalaram em ANGOLA.
.................................
Posteriormente (?) seguiram pelo QUANZA até LUANDA, acompanhados de muita gente, tendo prestado auxílio ao governador (FORJAZ COUTINHO ?). Este,agradecido,ofereceu-lhes algumas terras entre AMBACA e o GOLUNGO ALTO, sendo considerado "jaga" e com direito a bandeira.
Formou o REINO DOS BÂNGALAS e aliou-se ao soba ANGONGA (do LIBOLO). Concordaram que o REINO passaria depois para um filho de ANGONGA.
-- Mais tarde, fizeram uma aliança com CALUNGA (dos Jingas).
-- Um neto de TCHINGURI transferiu a sede do REINO DOS BÂNGALAS para CASSANJE. Uma tia de LUÉGI, ANGUINA CAMBAMBA,interroga alguns Quilolos, seus parentes, sobre a sobrinha, herdeira do trono ("suana um Lunda") acerca do paradeiro de TCHINGURI e solicitaram ao MUATIÂNVULA (ILUNGA -- "Senhor da riqueza", sendo : - "muata" (senhor)-- "iá" (de) -- "ânvu" (riqueza)--, para que o mandasse de volta para ser castigado ! No entanto, a própria LUÉGI, comunica à sua tia qual a resposta dada pelo MUATIÂNVUA, aceitando essa incumbência, mas desde que fossem acompanhados por todos os descontentes. Como tivessem ficado receosos, LUÉGI arranjou uma desculpa por não terem acompanhado TCHINGÚRI.
Aproveitando essa autorização, o chefe ("muata") ANDUMBA, com muito povo, seguiu para as margens do rio CHICAPA, no chamado "caminho de TCHINGÚRI", até ao rio CUANGO, onde se fixou.
-- Depois (?) surgiram os "Quiocos" e que se espalharam e se misturaram com os "Lundas".
.......................................
== 1599 - Foi durante este século que começaram a chegar os Ovahelelo, provenientes dos famosos GRANDES LAGOS. Teriam entrado pelo leste e, atravessando o Planalto Central, seguiram para o sul, descendo depois a SERRA DA CHELA e prosseguindo além paralelo 17º.

== 1600 - Foi formado o REINO UAMBU-KALUNGA --
*== 1608 - O rei de PORTUGAL aprova a ida de missionários para o REINO DE LOANGO (conforme seu pedido de 27/9/1584).
== 1611 - ABRIL - BANHA CARDOSO determinou o ataque ao antigo adversário de armas, o rei de ANGOLA, NGOLA KILUANJI.
Depois de algumas vitórias, mandou degolar o principal apoiante do NGOLA,que era o soba QUILONGA, bem como o ex-aliado BAMBATUNGO e outros sobas menores.
Em consequência desses actos, os REINOS DA MATAMBA e NDONGO coligaram-se num forte ataque contra CAMBAMBE. As tropas de BANHA CARDOSO saíram vencedoras e arrazaram muitos chefes locais.

-- Fundação do Presídio de ANGO-AQUI-COITO, próximo do rio LUCALA, em terras do soba de EMBACA, local designado então "S.BENTO DO ANGO(HANGO)".

-- O soba NABUANGONGO, da QUISSAMA,atravessa os rios DANDE e BENGO, mas foi logo derrotado pelas tropas do governador, sendo ainda detido o soba da TUNDA.

== AGOSTO - BANHA CARDOSO manifesta a sua discordância quanto à separação dos REINOS DE ANGOLA e do CONGO, tendo em atenção os contratos já firmados para resgates ! Entretanto avassala 78 sobas e afastara os corsários holandeses que se tinham aproximado de LUANDA.

== 1617 - NOVEMBRO - No DONGO já reinava NGOLA MBANDI, filho de NGOLA QUILUANJI, depois de ter eliminado o irmão e um sobrinho, filho de sua irmã,JINGA (NZINGA-MBANDI-NGOLA), que tinha ainda as irmãs : QUIFUNJE e MOCAMBO.
-- Transferência do Presídio do ANGO para a margem do rio LUCALA para o DONGO.
-- CERVEIRA PEREIRA, do REINO DE BENGUELA, ataca os Helelso (Ova-Helelo), a noroeste do REINO DA MATAMBA.

== 1618 - O Governador LUIS MENDES DE VASCONCELOS,em CABAÇA, capital de NDONGO(ANGOLA), tenta negociações (infrutíferas) com NGOLA MBANDI. JOÃO MENDES VASCONCELOS, filho do governador, tendo apenas 19 anos de idade, com o apoio de diversos sobas, avança contra sa forças do soba CALABALANGA e obtendo bons resultados. Mandou prender cerca de 100 sobas. Depois ataca o soba KASSANJE.
*-- 1621 - CERVEIRA propõe a D. FILIPE III a união dos Reinos de LUANDA e BENGUELA.
== 1622 - Maio - No REINO DO CONGO morreu D.ÁLVARO III, sucedendo-lhe D.PEDRO II AFONSO (NKANGA-A-MIKI, mas sem o apoio)do governador CORREIA DE SOUSA Este confisca os bens do REINO DO CONGO existentes na ILHA DE LUANDA, onde alguns fidalgos congoleses tinham assassinados uns residentes portugueses.

-- NGOLA MBANDI, do REINO DO CONGO, envia sua irmã, JINGA com uma embaixada ao governador de ANGOLA.
JINGA MBANDI foi baptizada na SÉ CATEDRAL DE KUANDA, passando a ter o nome de ANA DE SOUSA, sendo seus padrinhos o Governador e D. JERÓNIMA MENDES, mulher do capitão-mor, GOMES MACHADO.
-- O soba de CASSANJI foi derrotado e enviado para LUANDA. Posteriormente foi decapitado e outros sobas (26)e seus apoiantes foram desterrados para o BRASIL.

-- Os refugiados de CASSANJE instalam-se entre os rios CUANGO e LUI,onde fundam o REINO DE CASSANJE.

-- DEZEMBRO - As tropas de GOMES MACHADO, com a poio da "guerra preta" e dos jagas, derrotam as forças de D;PEDRO II AFONSO, em NAMBUA-ANGONGO, destruíndo as instalações existentes.

== 1623 - Os Mbangalas/Kulaxingo, saídos de AMBACA, movimentam-se para a BAIXA DE CASSANJE.

== No REINO DE NDONGO faleceu NGOLA KILUANJI (talvez envenenado), sucedendo-lhe sua irmã, JINGA MBANDI. com o auxílio dos jagas.

-- 1624 - Os Mbângalas (Imbangalas) instalam-se a oeste da SERRA DA MATAMBA, nas margens do CUANZA, praticando assaltos e roubos (contra os pombeiros).

== 1626 - Ataque contra as PEDRAS DE MAUPUNGO (MATADI MAUPUNGO, refúgio de JUNGA MBANDI).

-- ABRIL - O duque de SUNDE colocara no trono do REINO DO CONGO, D. AMBRÓSIO I ("CAPACALA"), sobrinho de D.ÁLVARO III.

-- BANHA CARDOSO avança contra JINGA MBANDI refugiada em terras de AMBOLA CASSANJE(CASSAQUE) que entretanto foi vítima duma praga de "bexiga". JINGA foi salva pelo jaga CAZA. Além do REINO DO CONGO, JINGA MBANDI era também apoiada pelos sobas de AMBUÍLA, por CACULO CABAÇA e alguns outros.

== EM MAUPUNGO (PEDRAS NEGRAS), foi eleito NGOLA AIRE(AIDI), "crismado" D.FILIPE DE SOUSA,para suceder a AIIDI KILUANJI, rei de NDONGO.
-- MAUPUNGO também era designado por : PUNGO-A-NDONGO --- MATADI MAUPUNGO ("PEDRAS ALTAS") -- MATADI-A-MAPUNGO-A-NDONGO - (depois vulgarmente por PUNGO ANDONGO). O termo "UPUNGU" significa "altura".

-- DEZEMBRO - Os portugueses fazem um acordo com o rei de KAKONGO para negociarem o cobre do BUNGO.


== 1627 - JINGA MBANDI retira-se para a ilha de KATAXE,enquanto o rei D.AMBRÓZIO expulsa os holandeses do PINDA (rio ZAIRE).

== 1629 - MARÇO - Regresso de LOPO SOARES LASSO para BENGUELA depois de ter vencido os sobas : MANISONGO - LUBEMBE - CUMBE - MANIEANGA - CABOMBO - COZAMBA - MONADUNDO - MANICA - MANI CATUMBELA - CABAMBE - QUITEMO, LANGUANDA e outros.
-- CASSANJE retira-se para o CONGO (MANIONDO) com 8o mil flecheiros !

-- MAIO - PAIO ARAÚJO AZEVEDO ataca o arraial de JINGA MBANDI, perseguindo-a por QUITUXELA (terras de CANGOLA-CA-CACONDA e de NADALA QUISSUBA). JINGA consegue escapar-se. Entretanto foram presas suas irmãs QUIFUNGE e MOCAMBO) e sua tia QUILOJE (KILUANJI).
-- JINGA MBANDI "desaparece" na descida de COVA (QUINA GRANDE DOS GANGUELAS -- "SERRA DO MUGONGO") a caminho da região dos Songos (Mossongos - Bassongos - Cassongos), entre os rios LUANGO e CUANGO (ALTO SONGO). Prossegue ainda para KINA, sob protecção de MBAGALA/KULAXINGO e do soba QUISSUBA.
-- ARAÚJO AZEVEDO foi cercado no rio LUCALA pelos sobas GOLACUMBA e CASSANDA.
-- As irmãs de JINGA MBANDI (D.ANA DE SOUSA) chegam a LUANDA sendo recebidas com fidalguia pelo Governador, FERnÃO DE SOUSA, e capitão-mor AZEVEDO e sua esposa D.ANA DA SILVA,que foram então os padrinhos de baptismo das duas irmãs que passaram a ser chamadas : D.BÁRBARA DA SILVA (MOCAMBO) e D. ENGRÁCIA FERREIRA (QUIFUNGE).

== 1630 - SETEMBRO - Chegada de DUARTE LEMOS LANDIM ao REINO DE BENGUELA. Reconstituição do REINO DA MATAMBA com auxílio dos Jagas, Holos e de CASSANJE (ESTADO DO CUANGO), onde se encontravam também bastantes Bângalas e Sossos. Assim, JINGA MBANDI regressa ao REINO DA MATAMBA,sendo "eleita rainha",contando com a protecção do poderoso "rei" CASSANJE.-
-- Os portugueses derrotam as duas coligações da QUISSAMA,estando em litígio alguns dos seus sobas : SAMBAGOMBE - KALUNGO - AKAMAKOTO - MOLUNDO,por um dos lados e ainda : MBANGALA/KULAXINGO - ACABONDA E QUIGOANGOA.

== 1631 - MARÇO - No REINO DO CONGO falecia D. AMBRÓZIO I, sucedendo-lhe D.ÁLVARO IV (MANI-MBAMBA), apenas com 13 anos de idade, filho de D.ÁLVARO III (rei do CONGO).

== 1632 - DIOGO DE SOUSA ataca e derrota O MONOMOTAPA CAPRANZINE que se havia rebelado.

== 1633 - O governador PEREIRA COUTINHO submste os régulos : QUIGILO -
QUIGOANDA - ACABONDA e AMBUÍLA.
*== 163 - Foi efectuado um Acordo de paz entre os portugueses e s "rainha" JINGA MBANDI.
== 1635 - O Governador FRANCISCO DE VASCONCELOS inicia conversações de paz com JINGA MBANDI em terras do soba CABOCO (margens do rio LUCALA).
-- No entanto JINGA MBANDI forma uma nova coligação contra os portugueses, sendo apoiada por : NDONGO - CONGO - CASSANJE - DEMBOS e QUISSAMA.

== 1636 - FEVEREIRO - Falecimento do rei do CONGO, D.ÁLVARO IV, com 19 anos de idade, mas talvez envenenado (como já contecera com outros personagens). Sucedeu-lhe seu irmão(bastardo),ÁLVARO V, pouco depois derrotado e preso pelo Duque de MBAMBA, que por sua vez passou a ser o "rei", designado D.ÁLVARO VI (dalinha "Quimulanza")!.

== 1640 - FEVEREIRO - Depois de se ter deslocado ao BRASIL e HOLANDA,na tentativa de obter apoios contra os portugueses,faleceu o rei D.ÁLVARO VI (talvez também envenenado). Foi substituído por D.GARCIA II AFONSO (GARCIA AFONSO II), designado NKANGA-A-LUKENI, da "linha KIMBAKU" (de Quimpaco -- feiticeiro), irmão do Marquês de KIWA.
= 1640 - FEVEREIRO - Representantes(?) do MANI-SOYO e do rei do CONGO,D.ÁLVARO IV, tinham-se deslocado ao BRASIL e à HOLANDA para tentarem alianças directas contra os portugueses, enquanto a "rainha" JINGA MBANDI continuava em guerra.

== 1641 - DEZEMBRO - 26 - O Conselho da Fazenda aprova o envio de auxílio militar a ANGOLA contra o invasor holandês.
-- Os holandeses tratam de negociar com o cobre do REINO DO CONGO, ao norte do rio ZAIRE(CONGO).

== 1642 - MARÇO - 28 - Tratado Provisório entre D.GARCIA II,do CONGO, com os holandeses.
==============================

IN ANGOLA / BRASIL / PORTUGAL
o site de Roberto Correia

2 comentários:

miranda disse...

obrigado pelo trabalho realizado

Este Brog é um brinde a angola

numa taça de cristal cheia de um

vintage´de amor e saudade

Um abraço

Anónimo disse...

ESTAS TRANSCRIÇÕES INTEGRAIS DIZEM RESPEITO AO MEU BLOG
http://angola-brasil-portugal.blogspot.com QUE NÃO FOI DEVIDAMENTE REFERENCIADO NESTE TEXTO E NÂO PERTENCE AO BLOG DO NAMIBE ! DESSE MODO ENCONTRAM-SE AGORA DESACTUALIZADAS (INCOMPLETAS),COMO PODE SER CONSTATADO.AGRADEÇO QUE SEJA FEITA A DEVIDA RECTIFICAÇÃO.
O Autor,
ROBERTO CORREIA (sourreia@gmail.com)